voltar

Conclusão

André Luiz, em “Missionários da Luz”, cap.XIX (Passes) recomenda aos médiuns passistas que, antes de tudo, é necessário equilibrar o campo das emoções. Não é possível fornecer forças construtivas a alguém, ainda mesmo na condição de instrumento útil, se fazemos sistemático desperdício das irradiações vitais.

Um sistema de nervos esgotado, oprimido é um canal que não responde pelas interrupções havidas. A mágoa excessiva, a paixão desvairada, a inquietude obsidente, constituem barreiras que impedem a passagem das energias auxiliadoras. Por outro lado, é preciso examinar também as necessidades fisiológicas, a par dos requesitos de ordem psíquica.

A fiscalização dos elementos destinados aos armazéns celulares é indispensável, por parte do próprio interessado em atender às tarefas do Bem.

O excesso de alimentação produz odores fétidos, através dos poros, bem como das saídas dos pulmões e do estômago, prejudicando as faculdades radiantes, porquanto provoca dejecções anormais e desarmoniosas de vulto no aparelho gastrointestinal interessando a intimidade das células.

O álcool e outras substâncias tóxicas operam distúrbios nos centros nervosos, modificando certas funções psíquicas e anulando os melhores esforços na transmissão de elementos regeneradores e salutares.

A F.E.P. como orgão aglutinador de todas as associações espíritas, coloca aqui alguns tópicos de orientação aos médiuns passistas, aos responsáveis pelas Casas Espíritas para que  através  do bom senso, possamos  todos aprender a arte de bem fazer,  para tal, não basta a boa vontade, pois as escolas de educação mediúnica, bem dirigidos, tal como o Dr. Bezerra de Menezes idealizou e os Cursos Regulares de Espiritismo, com o codificador Allan Kardec nos chama a tenção, solucionavam tantos desequilíbrios, as Casas Espíritas seriam mais respeitadas pelo altruismo e seriedade de seus profitentes e, estes norteados pela alegria de servir, dedicados à instrução, coordenariam seus actos, seus gestos, tão bem recomendados pelo Espiritismo e pelo Espírito de Verdade, quando nos recomenda:

“Espíritas amai-vos, espíritas instrui-vos”

Possa o magnetismo benfazejo desenvolver-se na Terra, pelas aspirações generosas e pela elevação das almas. Tenhamos bem presente que toda a ideia contém no estado potencial sua realização e saibamos comunicar as nossas vibrações fluídicas, a irradiação de nobres e elevados pensamentos.

Que uma vigorosa corrente ligue entre si as almas terrestres e as vincule a suas irmãs mais velhas do espaço!

Então as maléficas influências que retardam a marcha e o progresso da Humanidade se dispersarão sob os influxos do Espírito de Amor e Sacrifício.

 

Bem hajam

Jesus nos Abençoe

 

BIBLIOGRAFIA  

Leon  Denis

No Invisível

Emmanuel  ( Chico Xavier )

Pão Nosso (liçao 110)

Allan  Kardec  

Feesp -  Curso de Educação Mediúnica - 1º ano

Allan  Kardec  

A Génese

Allan  Kardec  

O Livro dos Espíritos

André Luiz ( Chico Xavier)

Entre a Terra e o Céu

André Luiz ( Chico Xavier)

Evoluçao em Dois Mundos

André Luiz ( Chico Xavier)

Mecanismos da Mediunidade

André Luiz ( Chico Xavier

Missionários da Luz

André Luiz ( Chico Xavier

Nos Dominios da Mediunidade - cap.28

C. Torres Pastorino

Técnica da Mediunidade

Peralva, Martins

Estudando a Mediunidade - cap. 42-44

SMERJ

Revista de estudos Psíquicos - 1980

Thieseu, Francisco e Zeus Wantuil

Allan Kardec - vol.1