L.R

 
VOLTAR

Sou Espírita!

     Bendito seja o Senhor que me chamou para a sua Doutrina!

     A forma como me tornei Espírita, foi uma dádiva divina, porque nada procurei, os "fenómenos" é que vieram até mim.

     Em criança, por volta dos meus 7 a 8 anos de idade, ao passar por uma rua na cidade do Porto, um cheiro muito agradável veio até mim. Imediatamente, eu fiz uma regressão no tempo e lembrei-me que aquele cheiro tinha a haver com algo que se tinha passado comigo naquele local, e noutras circunstancias.

     Sensações que guardo comigo, desde essa altura, e que só agora compreendo o seu verdadeiro significado, através da aceitação incontestável doo processo de reencarnação.

     A partir dos 40 anos de idade, dizia eu que me aconteciam " coisas esquisitas ", pois via  claramente, e no meu estado de vigília, Entidades desencarnadas de famílias e amigos, que se sentavam ao meu lado quando conduzia o meu carro, que me apareciam a rua, ou quando estava em algum sítio, lá estavam essas Entidades sentadas.

     Comecei a duvidar das minhas faculdades mentais, mas como tinha uma actividade profissional, e era Mãe de uma família e também desempenhava as minhas tarefas diárias com toda a normalidade, ainda mais confusa e perturbada eu ficava.

     Certo dia, resolvi contar todas essas vivências a uma amiga que se prontificou a levar-me a um Centro Espírita.

     Entrei lá, com um misto de dúvidas e ceptismo. Depois da leitura do " Evangelho Segundo o Espiritismo", veio a imposição do Passe. Sei que o recebi com muita Fé, pedindo ao Senhor que me ajudasse, e me desse a possibilidade de eu entender o que se passava comigo.

     A saída do Centro Espírita, senti uma sensação de Paz e Tranquilidade! Ao pisar os pés no passeio tive a sensação inesquecível que não andava mas flutuava, tal era a beleza e a harmonia espiritual que sentia.

     Como era tudo tão estranho!

     Que modificação, e bem estar que senti  partir daquele momento.

     Depois desse dia, eu comecei a frequentar o Centro Espírita todas as quintas-feiras para assistir as reuniões. Sei que a terceira vez fui convidada para fazer parte do Grupo de trabalhadores, função que desempenhei durante 11 anos.

     Hoje, frequento o Núcleo Espírita Rosa dos Ventos, pois fica mais perto de minha residência, o que me facilita nas deslocações. O NERV e todos os seus colaboradores, acolheram-me com muita fraternidade e generosidade.

     Todos os dias, vejo a vida como uma ligeira passagem. Acredito na Reencarnação do Espírito.

     Agradeço a Deus as graças, o esclarecimento e esta minha Reencarnação que foi uma dádiva Divina para a minha evolução espiritual.

     Obrigada meu Deus, por mais esta oportunidade que o " Teu Santo Nome ", seja glorificado.

Assim seja