VOLTAR

T.Z

Colaboradora do NERV

 

Sou Espírita!

     Nasci  no seio de uma família humilde e simples, materialmente com alguns recursos, vivendo e sendo educada no dia a dia, nos valores profundos e sérios da vida em harmonia com a humildade e o respeito, que responsabilizam os verdadeiros actos.

     Meus pais católicos, não praticantes, mas imbuídos de fazerem o bem, participaram em organizações de caridade como " Um Bem Fazer " vestindo crianças abandonadas, ou programas de angariação de fundos para recriação, excursões, e até levantamento dum grupo de futebol.

     Tinha eu vinte anos ( mais ou menos), quando começaram a surgir problemas na minha vida e sem querer, fui encaminhada por uma senhora que punha as cartas. Entretanto casei, e ai começaram os sérios problemas. O meu ex-marido frequentador de "mulheres de virtude",  não fazia nada sem primeiro consulta-las.

     Mesmo assim, nada impedia as violentas discussões que ocorriam, a desarmonia instalou-se no meio da família, choques constantes devido aos génios de prepotência ( quero, posso e mando).

     Um célebre dia, cansada deste desespero, falei cm alguém que bondosamente se pós a escutar os meus queixumes da vida aflitiva que eu levava, e propôs a visita a um familiar que na altura trabalhava com um tal Sr. Sebastião, pessoa entendida em assuntos espirituais.

     Dias após, já em casa, rodeada do Sr. Sebastião e dum colega que se fez acompanhante no momento, calmamente comecei a desabafar e então disse coisas que são muito nossas e que não dizemos a ninguém, e assim foi.

     Escutou-me com atenção...

     Logo mais começou a falar de Deus, de Jesus e da vida após a morte. Fiquei fascinada, como petrificada a ouvi-lo.

     Mas como a vida nessa altura exigia demasiado tempo para a família, para o trabalho, para o estabelecimento, só após três anos comecei de facto a frequentar assiduamente o NERV, e desde então, já lá vão vinte e cinco anos.

     Quero testemunhar peremptoriamente, que os ensinamentos de Jesus estão mudando toda a estrutura da minha vida, preenchem toda a minha alma, e estão a descortinar as teias da vida, mudando a minha maneira de pensar, falar e agir, e na caridade bendita caminhar.

 

     Eis o que Jesus está a fazer...

Eu te amo,

Eu te adoro,

Eu te bendigo.